https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/issue/feed Scientia Generalis 2021-07-22T14:20:26-03:00 Saulo Gonçalves Pereira editor@scientiageneralis.com.br Open Journal Systems <h2><strong>Scientia Generalis</strong></h2> <p><strong>ISSN 2675-2999</strong></p> <p>A Scientia Generalis é um periódico de divulgação digital independente, que tem por objetivo prover discussão sobre estudos e pesquisas interdisciplinares em todas as áreas do conhecimento. Os editores acreditam que é necessário conhecimento abrangente das ciências para que haja um entendimento claro dos fatos. Assim, a Scientia Generalis está aberta para submissões originais com temática multidisciplinar.</p> <p>A Scientia Generalis tem como objetivo a divulgação gratuita (acesso aberto), sob a forma de artigos científicos, entrevistas, resenhas, traduções e ensaios, os resultados de pesquisas desenvolvidas, possibilitanto discussão entre os especialistas de todas as áreas do conhecimento.</p> <p>A revista salienta que todas as opiniões, idéias e conceitos emitidos nos artigos são de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es). A revista ou quaisquer organismos editoriais vinculados à Scientia Generalis não se responsabilizam pelo conteúdo dos artigos.</p> <p>A Scientia Generalis é uma publicação em publicação contínua e recebe artigos para análise e publicação em regime de fluxo contínuo.</p> <h4>A Scientia Generalis é totalmente de acesso aberto. <img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/OAlogo2.jpg" /></h4> <p>Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento, e permite às bibliotecas coletar, preservar e fornecer a seus leitores acesso ao material publicado na Web com o objetivo da preservação digital através dos sistemas LOCKSS e CLOCKSS.</p> <p><a title="LOCKSS" href="http://scientiageneralis.com.br/index.php/periodico/gateway/lockss" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/lockss-logo-v1.jpg" /></a> <a title="CLOCKSS" href="http://scientiageneralis.com.br/index.php/periodico/gateway/clockss" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/clockss-logo.jpg" /></a></p> <p>A Scientia Generalis está sob a licença CC BY-SA 4.0. Para saber mais <a title="CC BY-SA 4.0" href="https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.pt_BR" target="_blank" rel="noopener">clique aqui</a>. </p> <p><a title="Creative Commons" href="https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.pt_BR" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/CC_BY-SA_3.0__.jpg" /></a></p> https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/154 A RELEVÂNCIA NAS AULAS DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS COM APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA 2021-07-22T14:20:26-03:00 Lucy Rose de Maria Oliveira Moreira lucyrose@ig.com.br Lucimar Oliveira Moreira a@a.com.br Vera Lucia Neves Dias Nunes a@a.com.br <p>Na aprendizagem de ciências naturais, as atividades experimentais devem ser garantidas de maneira a evitar que a relação teórico-prática seja transformada em uma dicotomia. As experiências despertam em geral um grande interesse nos alunos, além de propiciar uma situação de investigação. Dessa maneira, o objetivo deste trabalho foi verificar o potencial da construção do conhecimento de ciências naturais no ensino fundamental nos anos inicias e demonstrar que a utilização de experimentos propiciam um envolvimento maior do aluno em sala de aula. Quando se ensina ciências, é preciso lembrar sempre de que os conhecimentos científicos são os produtos de uma longa evolução, construídos pelo trabalho de muitos pesquisadores ao longo dos anos. Uma forma de conseguir isto, talvez seja utilizando o exemplo do cotidiano como ponto de partida para abordagem. Os experimentos de ciência são de suma importância na construção do conhecimento para que o aluno possa a partir de uma teoria acadêmica relacionar os conteúdos com o cotidiano. O construtivismo é uma linha de pensamento formulada pelo teórico Jean Piaget que se concentrou no estudo do desenvolvimento cognitivo e não propriamente no progresso de aprendizagem.</p> 2021-08-30T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Lucy Rose de Maria Oliveira Moreira , Lucimar Oliveira Moreira , Vera Lucia Neves Dias Nunes https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/167 LASERTERAPIA NA ODONTOLOGIA: efeitos e aplicabilidades 2021-07-17T12:39:15-03:00 Laura Tauani Ostemberg Santos lauraostemberg18@outlook.com Lucas Ostemberg Santos lucasostemberg21@outlook.com Cizelene do Carmo Faleiros Veloso Guedes cizelene.guedes@faculdadepatosdeminas.edu.br <p>Terapias complementares como a Laserterapia vêm ganhando cada vez mais espaço na Odontologia. A Laserterapia utiliza um tipo de radiação eletromagnética que se diferencia de uma fonte de luz comum por apresentar características e propriedades próprias e variados comprimentos de onda. Essa radiação manifesta seus efeitos, tais como analgesia, efeito anti-inflamatório e efeito cicatrizante, por meio da interação da luz com os tecidos biológicos, podendo também causar a morte microbiana através da terapia fotodinâmica. Os aparelhos Lasers podem ser classificados como de Alta e Baixa intensidade, tendo aplicações em diversas áreas odontológicas. Contudo, a aplicação desta terapia requer estudo aprofundado e treinamento prévio para a obtenção do melhor resultado dos seus efeitos clínicos. O objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão de literatura e apresentar a ação e aplicabilidade da Laserterapia na clínica odontológica. A revisão de literatura contou com artigos publicados de 2005 a 2020, exibindo vários artigos de casos clínicos que corroboram a utilização da Laserterapia pelo Cirurgião-dentista. Concluiu-se que a Laserterapia vem sendo uma modalidade de tratamento promissora na Odontologia contemporânea, apresentando formas de aplicação tanto intra como extra orais, não possui efeitos adversos quando utilizada corretamente e aprimora resultados, dando maior conforto e melhorando a qualidade dos atendimentos odontológicos.</p> 2021-08-05T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Laura Tauani Ostemberg Santos, Lucas Ostemberg Santos, Cizelene do Carmo Faleiros Veloso Guedes https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/171 A METODOLOGIA DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DA GENÉTICA 2021-07-15T13:52:32-03:00 Henrique Mendes da Silva henriquemendes_bio@hotmail.com <p>O ensino de Genética no ensino médio aliado à metodologia de resolução de problemas, é uma ferramenta muito importante e criativa na didática para ensino de Ciências e Biologia, desde que seja bem compreendida, que esteja em um constante aprimoramento e que possua aplicação prática no dia a dia do estudante. Este trabalho tem como principal objetivo demonstrar descrever sobre o Ensino de Biologia e genética e a aplicação da metodologia da resolução de problemas e a aprendizagem baseada na resolução de problemas em Genética. O presente estudo caracteriza-se como qualitativo, realizado por meio de revisão literária, de forma exploratória. Os resultados dos levantamentos bibliográficos demonstram que a metodologia baseada em problemas, quando muito bem executada e organizada buscam trazer práticas do cotidiano do estudante, com questionamentos aumentam sua curiosidade. Cabe aos professores de Biologia fazer que seus estudantes busquem por meio de aulas criativas, atraentes e desafiadoras a importância do ensino de Genética aliado ao seu cotidiano, estas aulas devem ser muito bem planejadas e preparadas, fazendo com que o ensino de Genética se torne um aprendizado fácil e prazeroso e a metodologia de resolução de problemas auxilia de sobremaneira tal processo.</p> 2021-07-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Henrique Mendes da Silva Silva https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/170 O PAPEL DO FARMACÊUTICO PARA O MELHOR ENQUADRAMENTO DA SEGURANÇA DE SIBUTRAMINA PARA O CONTROLE DE OBESIDADE DE INFANTOJUVENIL 2021-07-07T10:23:51-03:00 Patrícia Andrade Claudino patricia.08355@alunofpm.com.br Michelle Lucas Cardoso Balbino michelle.cardoso@faculdadepatosdeminas.edu.br <p>É consenso que a obesidade na infância e adolescência vem aumentando de forma significativa nas últimas décadas, tornando-se um caso preocupante na saúde mundial. A obesidade é uma patologia do grupo de Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) que pode ser definida como uma doença caraterizada pelo aumento excessivo de gordura. A terapia farmacológica é recomendada como uma ferramenta adjuvante para pacientes obesos ou que apresentam sobrepeso, que podem estar associadas com comorbidades que colocam suas vidas em risco. Os fármacos antiobesidade geralmente atuam diminuindo o apetite, inibindo absorção de gordura ou aumentando o consumo de energia e termogênese, e também em sistemas de neurotransmissão. Dentre os medicamentos utilizados como emagrecedores, podemos destacar: Sibutramina, Sertralina e a Fluoxetina. O presente artigo tem como objetivo conhecer o papel do farmacêutico, diante da situação do seu cliente-paciente no uso da sibutramina, contribuindo, assim, para um melhor controle e dosagem do apetite, trazendo resultados satisfatórios para o combate à obesidade. Os benefícios da utilização de agentes farmacológicos consistem em promover um aumento da aderência dos pacientes a mudanças nutricionais e comportamentais, além da perda de peso e melhoria de vida. Para tanto, foi utilizada uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa de revisão de literatura.</p> 2021-08-24T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Patrícia Andrade Claudino, Michelle Lucas Cardoso Balbino https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/164 O TRABALHO DO NEUROPSICOPEDAGOGO: atuação, ética e importância demonstradas através de um relato de experiência 2021-07-12T09:50:19-03:00 Simone Ferreira fjas81@hotmail.com Fabio José Antonio da Silva fjas81@hotmail.com <p>Este trabalho originou-se com o objetivo de analisar a importância do trabalho do neuropsicopedagogo, enfatizando de como realiza sua função de maneira a contribuir positivamente no desenvolvimento da aprendizagem da criança e do adolescente, com dificuldades de aprendizado ou que possuem alguma deficiência, com a finalidade de auxiliar pais, familiars e escola durante todo processo. Para melhor compreender o tema, fez-se primeiramente o estudo teórico sobre o perfil do neuropsicopedagogo, buscando entender as características relevantes sobre o mesmo e, desta forma compreender como se dá seu trabalho em seu cotidiano, ou seja, quais ações desenvolvem para potencializa-lo, contribuindo na qualidade ao ser colocado em prática. Posteriormente foi descrito um relato de experiência deste autor. O presente trabalho é de natureza básica, porém exploratória onde fez-se o uso de referências bibliográfica de autores renomados a fim de trazer à tona, ao leitor, diversos conceitos sobre o tema proposto. E por fim, por meio de um relato de experiência demonstrou-se a inserção de neuropsicopedagogo em sua atuação professional.</p> 2021-07-19T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Simone Ferreira, Fabio José Antonio da Silva https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/168 A INFLUÊNCIA DAS EMOÇÕES NO DESENVOLVIMENTO ESCOLAR DOS PRÉ-ADOLESCENTES ENAMORADOS 2021-07-12T09:51:33-03:00 Maria Veronica Santana Sales projetecmv@gmail.com Maria Aparecida Santos e Campos a@a.com.br <p>O estudo sobre as questões emocionais, sob a ótica do enamoramento – a influência das emoções no desenvolvimento escolar dos pré-adolescentes foi o eixo norteador do objetivo deste estudo que visou adentrar em reflexões nas quais se observa o quanto as emoções, enfatizando a paixão, influenciam fortemente o comportamento dos pré-adolescentes, sobretudo a aprendizagem. O trabalho se trata de uma pesquisa qualitativa e utiliza como instrumento de coleta de dados através de questionários e, também de pequenos textos escritos, voluntariamente, por alguns discentes do Ensino Fundamental II de uma escola da rede pública municipal, Tancredo Neves, no município de Nossa Senhora da Glória, Sergipe, Brasil. Secundariamente utilizou-se um levantamento bibliográfico que oportunizou relacionar o que dizem os teóricos com as respostas dos entrevistados. Participaram da pesquisa 79 estudantes tanto do gênero masculino e feminino com idades variando de 12 a 15 anos. Ressalta-se que este trabalho consta de aprovação do comitê de ética com o parecer: 4.713.192. Elencou-se temas relacionados às emoções, priorizando as causas e consequências da paixão; a relação entre o enamoramento na pré-adolescência e o comportamento nas atividades escolares, com os pais, com os amigos e, sobretudo, consigo mesmo nessa transição da fase infantil para a pré-adolescência, em termos físicos e emocionais. Compreende-se que práticas pedagógicas concernentes à educação emocional já vêm sendo desenhadas há algum tempo, porém as emoções relacionadas ao enamoramento não são enfatizadas. Infere-se que diante de um momento tão célere em que tudo se transforma constantemente, inclusive os desafios emocionais, é forçoso um olhar cuidadoso para as emoções, paralelo à cognição, em sala de aula, para assim, compreender as subjetividades dos educandos, principalmente na transição da fase da infância para a pré-adolescência, em que há uma mudança brusca física e na experiência de novos sentimentos como o fato de se apaixonar.</p> 2021-08-30T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Maria Veronica Santana Sales , Maria Aparecida Santos e Campos