https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/issue/feed Scientia Generalis 2022-06-14T15:14:01-03:00 Saulo Gonçalves Pereira editor@scientiageneralis.com.br Open Journal Systems <h2><strong><img src="https://i.postimg.cc/RVYqBhwb/ezgif-3-fc77e4a149.gif" alt="" width="600" height="162" /></strong></h2> <p><strong>Scientia Generalis</strong></p> <p><strong>ISSN 2675-2999</strong></p> <p>A Scientia Generalis é um periódico de divulgação digital independente, que tem por objetivo prover discussão sobre estudos e pesquisas interdisciplinares em todas as áreas do conhecimento.</p> <p>Os editores acreditam que é necessário conhecimento abrangente das ciências para que haja um entendimento claro dos fatos. Assim, a Scientia Generalis está aberta para submissões originais com temática multidisciplinar.</p> <p>A Scientia Generalis tem como objetivo a divulgação gratuita (acesso aberto), sob a forma de artigos científicos, entrevistas, resenhas, traduções e ensaios, os resultados de pesquisas desenvolvidas, possibilitando discussão entre os especialistas de todas as áreas do conhecimento.</p> <p>A revista salienta que todas as opiniões, ideias e conceitos emitidos nos artigos são de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es). A revista ou quaisquer organismos editoriais vinculados à Scientia Generalis não se responsabilizam pelo conteúdo dos artigos.</p> <p>A Scientia Generalis é um periódico de publicação contínua e recebe artigos para análise e publicação em regime de “fluxo contínuo”.</p> <h4>A Scientia Generalis é totalmente de acesso aberto. <img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/OAlogo2.jpg" /></h4> <p>Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento, e permite às bibliotecas coletar, preservar e fornecer a seus leitores acesso ao material publicado na Web com o objetivo da preservação digital através dos sistemas PKP Preservation Network, LOCKSS e CLOCKSS.</p> <p><a title="LOCKSS" href="http://scientiageneralis.com.br/index.php/periodico/gateway/lockss" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/lockss-logo-v1.jpg" /></a> <a title="CLOCKSS" href="http://scientiageneralis.com.br/index.php/periodico/gateway/clockss" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/clockss-logo.jpg" /></a></p> <p>A Scientia Generalis está sob a licença CC BY-SA 4.0. Para saber mais <a title="CC BY-SA 4.0" href="https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.pt_BR" target="_blank" rel="noopener">clique aqui</a>. </p> <p><a title="Creative Commons" href="https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.pt_BR" target="_blank" rel="noopener"><img src="http://scientiageneralis.com.br/public/site/images/agamen0n/CC_BY-SA_3.0__.jpg" /></a></p> https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/388 ACOLHIMENTO PRESTADO PELOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM ÀS GESTANTES/PARTURIENTES PORTADORAS DO VÍRUS HIV EM UMA MATERNIDADE DE SÃO LUÍS - MARANHÃO 2022-02-14T16:45:44-03:00 Thiago Henrique Bomfim Rodrigues thiagobomfim42@gmail.com Ana Larissa Araújo Nogueira analarissaan@hotmail.com Fabrício Drummond Vieira da Silva fabriciodrummond@hotmail.com Tatiana Elenice Araújo tatianaelenice@hotmail.com Claudia Teresa Frias Rios ctfrios@hotmail.com <p>A AIDS (Acquired Immunodeficiency Syndrome) representa um dos maiores problemas de saúde da atualidade. Uma das prioridades do Programa Nacional de IST e AIDS é a redução da transmissão vertical (TV) do HIV. Diante disso, acredita-se que os profissionais de enfermagem da maternidade ofereçam um acolhimento adequado, e que tenham o conhecimento de todas as medidas profiláticas, para assegurar que as parturientes portadoras de HIV, tenham um parto de menor risco para o recém-nascido (RN) e um puerpério satisfatório. Este estudo tem como objetivo descrever o acolhimento prestado pelos profissionais de enfermagem às gestantes/parturientes portadoras de HIV em uma maternidade de São Luís – MA. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva, realizada em uma maternidade de alta complexidade do Maranhão. A amostra foi composta por 22 Enfermeiros e 38 Técnicos de Enfermagem, no período de junho a agosto de 2018. Após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa, a coleta de dados se deu através de questionário contendo 20 questões. Quando questionados sobre como realizavam o acolhimento, 57,14% dos enfermeiros destacaram a equidade, 28,57% encaminhamento ao serviço social e orientações, 62% dos técnicos de enfermagem as orientações, 37,5% a equidade e encaminhamento ao serviço social. Os resultados obtidos permitiram traçar o acolhimento prestado pelos Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem às gestantes/parturientes na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão, desde a internação até a sua alta, revelando pontos importantes para uma assistência total e humanizada não só à gestante/parturiente, mas também à sua família. Algumas lacunas foram observadas para realização de uma assistência totalizada.</p> 2022-03-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Thiago Henrique Bomfim Rodrigues, Ana Larissa Araújo Nogueira, Fabrício Drummond Vieira da Silva, Tatiana Elenice Araújo, Claudia Teresa Frias Rios https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/391 CONHECIMENTO DOS ADOLESCENTES DO 4º AO 9º ANO SOBRE O PAPILOMAVÍRUS HUMANO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE SÃO LUÍS - MARANHÃO 2022-02-18T14:36:43-03:00 Stefanny Sousa Oliveira stefanny.penha.so@gmail.com Ana Larissa Araújo Nogueira analarissaan@hotmail.com Thiago Henrique Bomfim Rodrigues thiagobomfim42@gmail.com Fabrício Drummond Vieira da Silva fabriciodrummond@hotmail.com Marcia Raquel Lima Amaral Moura marcynharakel@hotmail.com Kátia Maria Martins Veloso kmmv69@hotmail.com Danyely Sousa Lopes danysousal@hotmail.com <p>O Papilomavírus Humano (HPV) é um vírus que afeta tanto homens como mulheres, sendo considerada uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). A principal forma de prevenção é uso de preservativo nas relações sexuais, porém é importante destacar que apesar de proteger contra a maioria das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), não impede totalmente a infecção pelo HPV. Por isso destaca-se a importância do tema HPV ser abordado no ambiente escolar, visto que a infecção por este vírus está relacionada com o aparecimento de lesões precursoras do câncer cervical, que tem aumentado de forma considerável nesta faixa etária. Este estudo tem como objetivo avaliar o nível de conhecimento dos adolescentes sobre o Papilomavírus Humano em uma escola de São Luís - MA. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa, realizada com 162 adolescentes, de 09 a 14 anos, em uma escola pública do estado do Maranhão durante o período de setembro de 2018. O estudo teve início após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, sob o parecer de nº. 2.853.563. Questionados sobre o significado do HPV, 63,57% disseram saber o significado do HPV e 36,41% não sabiam o significado. Perguntados se tinham ouvido falar sobre o HPV, 89,09% disseram já ter ouvido falar. Pode-se perceber com os dados fornecidos, que 38,03% tinham conhecimento da vacina por outras fontes. Mas relatam que as informações sobre o assunto não são repassadas de forma clara aos participantes, deixando em evidência a deficiência na assistência pelo Programa Saúde na Escola (PSE).</p> 2022-03-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Stefanny Sousa Oliveira, Ana Larissa Araújo Nogueira, Thiago Henrique Bomfim Rodrigues, Fabrício Drummond Vieira da Silva, Marcia Raquel Lima Amaral Moura, Kátia Maria Martins Veloso, Danyely Sousa Lopes https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/416 UM MODELO EM DINÂMICA DE SISTEMAS PARA CONTROLE DE SISTEMAS DE AERAÇÃO DE GRÃOS EM SILOS 2022-06-14T15:14:01-03:00 Thamiris Diniz Veloso de Sá thamirisveloso@hotmail.com Rafael Pinheiro Amantéa rafaelamantea@yahoo.com.br Keller Sullivan Oliveira Rocha kellersullivan@gmail.com José Helvécio Martins j.helvecio.martins@gmail.com <p>A qualidade do grão é decisiva na determinação do seu valor agregado, exigindo medidas adequadas nos processos de pós-colheita. A técnica de aeração tornou-se o principal processo para o gerenciamento de sistemas de armazenamento a granel, visando preservar a qualidade do produto por meio do controle que modifica o microclima intergranular dos produtos armazenados. Esse controle permite reduzir ou eliminar a proliferação de microrganismos e pragas prejudiciais à qualidade do produto armazenado. A aeração possibilita esse processo mantendo a temperatura e a umidade relativa do ar intergranular e, consequentemente, o teor de água dos grãos em níveis seguros para o armazenamento. Neste trabalho, foi desenvolvido um sistema de controle para aeração de grãos armazenados, proporcionando partidas e paradas automáticas, que levou em consideração a técnica de dinâmica de sistemas, considerando um modelo de aeração e microbiologia preditiva. A estratégia de controle utilizada para o gerenciamento da aeração priorizou o resfriamento da massa de grãos, testado em quatro cenários baseados em diferentes parâmetros para ligar ou desligar o ventilador. Os três primeiros cenários mostraram-se indesejáveis, pois houve aumento da temperatura do produto e do seu teor de água nas primeiras camadas, além de condições que favoreceram o crescimento biológico. No último cenário, estabeleceu-se, como parâmetro, que a temperatura do ar externo fosse, no máximo, 3 abaixo da temperatura média intergranular, e os resultados mostraram diminuição da temperatura do ambiente intergranular, ausência de umedecimento do produto e, portanto, um declínio contínuo nas condições impróprias para a reprodução biológica.</p> 2022-07-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Thamiris Diniz Veloso de Sá, Rafael Pinheiro Amantéa, Keller Sullivan Oliveira Rocha, José Helvécio Martins https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/393 O RESGATE DOS JOGOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NO COTIDIANO DE CRIANÇAS DA COMUNIDADE DE CANAAN 2022-03-07T14:37:47-03:00 Israel dos Santos israeldosantos5@gmail.com Maria Brena Braga Araújo brena.braga.18@gmail.com José Ricardo Tomé dos Santos jrt.santos2013@gmail.com <p>O presente trabalho faz uma análise sobre a importância do ato de brincar para a fase de formação da criança, trazendo como proposta principal o resgate das brincadeiras tradicionais no cotidiano de crianças de uma instituição social do Distrito de Canaan/Trairi/CE. O objetivo deste trabalho é analisar a importância do brincar para a fase de formação da criança, elucidando o resgate das brincadeiras tradicionais no cotidiano de crianças de uma instituição social. Esta pesquisa constituiu-se a partir da abordagem qualitativa e foi desenvolvida como uma pesquisa da observação não participante. Neste trabalho, faz-se uma defesa dos jogos tradicionais como componentes que devem ser resgatados no cotidiano das crianças. Na vivência com os jogos e com as brincadeiras populares, as crianças em um primeiro momento conheceram os brinquedos confeccionados para uma exposição de brinquedos, descobrindo a história de cada um. Em outro momento, as crianças puderam acessá-los para suas práticas, brincado com todos eles e vivenciando essa experiência de como brincar com jogos e brincadeiras tradicionais. Ao analisar essa vivência, de fato as crianças eram atraídas pelo simples, pela estética dos jogos tradicionais. Nesse contexto, as crianças que participaram da pesquisa quiseram desfrutar de cada brinquedo e de cada brincadeira realizada com eles. As observações durante o trabalho de campo fazem concluir que as brincadeiras e jogos populares se constituem como estratégias muito úteis para se trabalhar valores e exercícios da Educação Física com as crianças em idade escolar. Esses resultados também apontam que o resgate destes jogos e brincadeiras populares é muito importante para o desenvolvimento integral das crianças, assim como se propõe na LDB.</p> 2022-04-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Israel dos Santos, Maria Brena Braga Araújo , José Ricardo Tomé dos Santos https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/410 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE PINHEIRO – MARANHÃO 2022-05-06T12:36:36-03:00 Pedro De Jeová Estumano Santos pedrostumano19@gmail.com Maria Tereza Pereira de Souza terezasouza252010@hotmail.com André Sousa Almeida andrealmeida010@hotmail.com Danyelle de Fátima Ferreira Ribeiro danyribeiro100@hotmail.com Deandro Rodrigues Ribeiro dheandroribeiro0025@gmail.com Raquel Estumano Santos raquelstumano@gmail.com <p>A hanseníase é uma patologia milenar, causada por um microrganismo intracelular obrigatório, <em>Mycobacterium leprae,</em> que evolui lentamente, manifestando-se através de sinais e sintomas dermatoneurológicos causando lesões de pele e de nervos periféricos. Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo retrospectivo, cuja coleta dos dados veio a partir dos casos de hanseníase diagnosticados e notificados do município de Pinheiro – MA, no período de 2017 a 2021, nos bancos de dados <em>online</em>, do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) disponível pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS). Os casos de hanseníase no município de Pinheiro, nos respectivos anos, foram no total de 188 casos notificados. O ano de 2018 foi o maior em relação a incidência de casos, totalizando 29,78% (56) dos casos. Já em 2020, registrou menor incidência, totalizando 14,36% (27) dos casos, a maior notificação ocorreu em indivíduos com idade de 30 a 39 anos, totalizando 39 casos. No que refere as lesões cutâneas, 44 dos casos notificados ocorreram em pacientes com 2 a 5 lesões e maior que 5 foram 42 casos. A forma clínica Dimorfa foi a maior identificada no decorrer do período, com 80 casos. Das 188 notificações, 119 evoluíram para a cura e 12 abandonos. Diante dos resultados, foi possível traçar o perfil epidemiológico da doença, colocando como necessários a eliminação e controle da hanseníase.</p> 2022-06-13T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Pedro De Jeová Estumano Santos, Maria Tereza Pereira de Souza, André Sousa Almeida, Danyelle de Fátima Ferreira Ribeiro, Deandro Rodrigues Ribeiro, Raquel Estumano Santos https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/211 OBSERVAÇÕES DE UMA OFICINA ORIENTADA SOBRE DIVISÃO CELULAR: contribuições e possibilidades para o ensino de genética e biologia molecular através da construção de modelos didáticos 2021-12-27T12:05:54-03:00 Henrique Mendes da Silva Silva henriquemendes_bio@hotmail.com <p>Considerando que o ensino de genética e biologia molecular realizado na escola ainda é realizado através do método de ensino tradicional, baseado em conteúdo, quase sempre distante da realidade dos estudantes, não sendo utilizados recursos e métodos diferenciados para a implementação da sala de aula. Dessa maneira, percebe-se que a construção de modelos de ensino didáticos para as aulas teóricas e práticas podem ser utilizados no ensino de genética para torná-la mais agradáveis e ampliar o aprendizado nesta área de conhecimento e desempenho. Assim, foi realizada uma oficina com estudantes do 3º ano da Escola Estadual Carolina Silva localizada na cidade de Vazante/MG, com intuito de observar e descrever a contribuição desta metodologia no processo de ensino-aprendizagem. Para tanto, modelos didáticos foram utilizados em oficina prática durante as aulas de biologia, com massa de modelar, Com qual os estudantes representaram células e os cromossomos nas etapas da mitose e meiose. O levantamento de bibliográfico contou com pesquisas em portais de livros e periódicos, incluindo publicações relacionadas a este tema de pesquisa em contextos nacionais e internacionais, além da observação participante. As observações indicam que a construção de modelos didáticos pode ser considerada uma ferramenta eficaz para a conexão ensino-aprendizagem, e se constitui em um processo representativo, utilizando o desenvolvimento do modelo tridimensional de estruturas genômicas. Esses modelos são recursos acessíveis que podem aumentar a compreensão dos tópicos de genética e reduzir o nível de abstração por meio do aprendizado tátil. Com a observação percebeu-se que a utilização de modelos didáticos é uma importante estratégia motivacional, que potencializa a participação dos estudantes e professores em sala de aula, que efetivamente promove a aprendizagem de conceitos relacionados à genética e biologia molecular, além da promoção da socialização no decorrer da oficina no entendimento do tema. </p> 2022-01-09T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Henrique Mendes da Silva Silva https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/404 A RELAÇÃO DA FLEXIBILIDADE DA ARTICULAÇÃO DO QUADRIL COM O EXERCÍCIO FÍSICO 2022-04-08T09:26:19-03:00 Pedro Jorge Cortes Morales pedromorall@gmail.com Fabricio Faitarone Brasilino fabriciofaitaronebrasilino@gmail.com Eduarda Eugenia Dias de Jesus eduardaeugenia3@gmail.com <p>O objetivo desta pesquisa foi analisar e comparar a flexibilidade da articulação do quadril em indivíduos praticantes e não praticantes de exercícios físicos. Este estudo está caracterizado como de corte transversal e descritivo. Participaram da pesquisa 29 indivíduos praticantes (GPE) e não praticantes de exercícios (GNP), com idades entre 19 a 48 anos de ambos os gêneros. Como instrumentos de pesquisa foi utilizado o protocolo de flexibilidade do Manual de Utilização do Flexímetro da Sanny. Foram procedidas quatro posições e movimentos utilizados no teste, sendo eles: flexão, extensão, adução e abdução. O tratamento estatístico foi realizado por intermédio do programa <em>SPSS®, </em>versão 16.0. Para análise estatística foi utilizado Teste “<em>T de Student</em>” e o nível de significância adotado foi p&lt;0,05. Em todos os momentos, foi possível analisar que o GPE obteve números de flexibilidade maiores que o GNP, no entanto, mostrando-se significância somente para adução (p&lt;0,001). Conclui-se nesta pesquisa que os indivíduos que praticam exercícios físicos obtêm maiores valores de flexibilidade comparado com indivíduos sedentários. Assim, a partir dos resultados aqui apresentados orienta-se que é necessário a busca por estímulos da prática do exercício físico regular, não só para alcançar maiores valores de flexibilidade, mas como uma ferramenta útil para o cuidado à saúde e realização das atividades da vida diária.</p> 2022-04-15T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Pedro Jorge Cortes Morales, Fabricio Faitarone Brasilino, Eduarda Eugenia Dias de Jesus https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/399 TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA - TEA E A INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: um estudo observacional sobre desafios do professor em sala de aula 2022-04-26T09:25:15-03:00 Cristiane Alves dos Anjos Silva aatyanjos@gmail.com <p>O presente trabalho trata-se de uma observação participante que visa buscar reflexões sobre a inclusão de alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em um Espaço de Desenvolvimento Infantil no Município do Rio de Janeiro. No contexto da educação inclusiva buscou-se refletir sobre as observações da professora em sua prática pedagógica aplicada com duas crianças de (2 anos e 3 meses) idade e (2 anos e 8 meses) idade do gênero biológico masculino e feminino denominadas “M” e “M C” respectivamente com TEA, relatando os desafios encontrados nessa inclusão; abordando sobre a importância de conhecimentos pelos educadores sobre o conceito “Autismo”, a falta de estrutura dos recursos para mediar no ensino/aprendizagem, a necessidade de criar vínculos de afetividade com os alunos, e a eficácia de ser trabalhar na Educação Infantil com a ludicidade, ajudando/permitindo à professora criar metodologias específicas que contribuam para o desenvolvimento do aprendizado, não só de toda turma, mas principalmente de “M” e “M C” com esse transtorno para que ocorra uma inclusão de qualidade. Conclui-se, portanto, que se faz necessário à formação continuada da docente frente as novas configurações pedagógicas da Instituição de Ensino, bem como das demandas educacionais da atualidade para o trabalho com crianças que tenham esse transtorno para contemplar a inclusão de todos e assegurar-lhes o direito à uma educação efetiva.</p> 2022-05-05T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cristiane Alves dos Anjos Silva https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/397 ANÁLISE DA VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA DE UM PROJETO DE GERADOR SOLAR FOTOVOLTAICO (ON-GRID) EM UMA RESIDÊNCIA NO INTERIOR DE MINAS GERAIS 2022-03-25T11:21:58-03:00 Henrique Mendes da Silva Silva henriquemendes_bio@hotmail.com Amanda Costa Carneiro amandacostaengp@gmail.com <p>A presente pesquisa investigou a viabilidade econômica e financeira da implantação de sistemas fotovoltaicos, com avaliação e análise financeira por métodos como VPL - Valor Presente Líquido, TIR - Taxa Interna de Retorno, tempo de retorno do empreendimento (payback). O estudo teve como objetivo realizar um estudo da viabilidade econômica sobre as vantagens de se utilizar a energia solar em uma residência na região do Noroeste do estado de Minas Gerais. A metodologia adotada na pesquisa enquadra-se na análise quantitativa, aplicando-se de métodos de diagnósticos financeiros, elaborando resultados para possíveis tomadas de decisão. Os resultados obtidos apontam para uma viabilidade da residência, foi constatado através da análise do payback descontado com juros de 6% a.a, que ele apresentaria retorno em 29,29% do tempo de sua vida útil prospectado, o que corresponde a 7 anos e 3 meses evidenciando uma de 13%, acima da taxa mínima de atratividade utilizada de 7% a.a., além da prerrogativa ambiental pelo consumo de uma fonte de energia renovável.</p> 2022-04-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Henrique Mendes da Silva Silva, Amanda Costa Carneiro https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/341 CONSEQUÊNCIAS DO BULLYING NA SAÚDE MENTAL DOS ADOLESCENTES NO CONTEXTO ESCOLAR: revisão narrativa 2022-01-17T15:49:36-03:00 MARCOS VINICIOS RAMOS DA SILVA marcos_gospel_mix@hotmail.com <p>O <em>bullying</em> pode ser conceituado como: gestos que intimidam e agridem indivíduos tanto verbalmente (com ofensas e xingamentos), quanto fisicamente através de violência física, e ainda psicologicamente. Tal prática é deliberada e recorrente, principalmente em escolas, o agressor sente prazer em humilhar a vítima e pratica tal ato recorrentemente. Essa violência é propaganda diferentes formas de interação, nos quais os alunos exercem papéis específicos, entre os quais são: agressores, vítimas e testemunhas. Considerando que o <em>bullying</em> faz parte de toda a sociedade e do mundo inteiro, o presente estudo teve como objetivo apresentar, através de uma revisão narrativa, as consequências ocasionadas pelo <em>bullying</em> na saúde mental dos adolescentes no contexto educacional institucionalizado. Trata-se de uma pesquisa de revisão bibliográfica narrativa, essa revisão não utiliza critérios explícitos e sistemáticos para a busca e análise crítica da literatura. Observou-se pela análise dos artigos analisados que o <em>bullying</em> é extremamente danoso a saúde mental dos adolescentes, uma vez que em sua fase adulta, este pode apresentar depressão, ansiedade, baixa autoestima, problemas em relacionamentos, entre vários outros impactos em sua saúde mental.</p> 2022-01-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 MARCOS VINICIOS RAMOS DA SILVA https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/381 A MOTIVAÇÃO NA EDUCAÇÃO: contribuições do uso pedagógico de recompensas 2022-01-27T11:53:52-03:00 Marcos Marinho Santiago de Jesus marinhopm@hotmail.com <p>O presente artigo tem como objetivo demonstrar as contribuições do uso pedagógico de recompensas para a motivação de estudantes na educação básica. Inicialmente, apresenta-se um breve panorama acerca da motivação, seus conceitos, teorias e relevância como indutor da ação humana, para em seguida analisar a motivação especificamente na educação. Os procedimentos metodológicos utilizados para análise configuram-se de natureza qualitativa e o tipo de pesquisa bibliográfica, em que, será apresentado uma análise das características e potencialidades das recompensas como estratégia pedagógica. As considerações finais destacaram que o sistema de recompensas, quando utilizado de forma adequada, contribui significativamente para a motivação educacional. </p> 2022-02-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Marcos Marinho Santiago de Jesus https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/395 FLAVONOIDES COMO ANTI-ÍNFLAMATÓRIOS NATURAIS EM INFLAMAÇÕES AGUDA NOS PACIENTES COM ARTRITE REUMATOIDE 2022-03-07T11:14:50-03:00 Melissa Afonso da Silva de Souza mel.afonsoss@gmail.com Alice Vilaronga Luciano alicevilaronga24@gmail.com Jeandson Moraes da Silva jmoraes@adventista.edu.br Diego Silva Patricio dspatriciomestrado@gmail.com <p>Introdução: A artrite reumatoide (AR) é uma patologia inflamatória, degenerativa, genética, crônica e sistêmica. O tratamento convencional utilizado para a AR durante as inflamações agudas é baseado no uso de anti-inflamatórios não esteroides (AINES). Entretanto, o consumo de flavonoides seria um possível método de intervenção natural. Estudos já comprovam a eficácia de suas ações anti-inflamatórias no organismo humano. Objetivo: Analisar a influência dos flavonoides como anti-inflamatórios naturais nas inflamações agudas em pacientes com artrite reumatóide Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, cujo levantamento de dados foi realizado nas bases: PubMed, Scielo e BVS, compreendendo os anos de 2017 a 2021. Resultados: As análises nos bancos de dados foram elaboradas com os seguintes descritores: Artrite Reumatoide (Rheumatoid Arthrits), Flavonoides (Flavonoids) e Diclofenaco (Diclofenac). Todos os descritores foram encontrados no DECs. No banco de dados PubMed, ao conjugar os descritores Artrite Reumatoide e Flavonoides, foram encontrados 3 artigos. Já, ao combinar os descritores Artrite Reumatoide e Diclofenaco foram encontrados 3 artigos. No banco de dados Scielo, ao combinar os descritores Artrite Reumatoide e Flavonoides não foi encontrado nenhum artigo. Ao cruzar os descritores Artrite Reumatoide e Diclofenaco não se encontrou nenhum artigo. No banco de dados BVS, ao cruzar os descritores Artrite Reumatoide e Flavonoides foi encontrado 1 artigo. Já ao combinar os descritores Artrite Reumatoide e Diclofenaco foram encontrados 2 artigos. Conclusão: Mesmo comprovada por alguns artigos a ação anti-inflamatória dos flavonoides. Ainda não há comprovação de estudos que comparem diretamente o efeito anti-inflamatório dos flavonoides e do diclofenaco. Por isso não há como mensurar qual possui maior eficácia. Portanto a existência desses estudos será importante na elucidação e na utilização de possíveis novos tratamentos para a AR.</p> 2022-03-10T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Melissa Afonso da Silva de Souza , Alice Vilaronga Luciano , Jeandson Moraes da Silva, Diego Silva Patricio https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/406 A RELAÇÃO DA MICROBIOTA INTESTINAL COM A SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS (SOP) 2022-04-11T10:06:31-03:00 Marcilene Camilo Heidmann Soccol mhsoccol@gmail.com Márcia Liliane Rippel Silveira prof.marcia.ripell@unifacvest.edu.br Nádia Webber Dimer PROF.NADIA.WEBBER@unifacvest.edu.br <p>A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é uma doença endócrina generalizada, afetando 6% a 20% das mulheres em idade reprodutiva, em todo o mundo. Estudos têm mostrado a microbiota intestinal como sendo um fator chave no desenvolvimento de SOP, desempenhando um importante papel em muitos transtornos da doença. Este trabalho teve como objetivo realizar uma revisão da literatura buscando compreender o papel da microbiota intestinal na patogênese da SOP e os efeitos da suplementação de probióticos, prebióticos e simbióticos no tratamento da síndrome. Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica baseado na análise qualitativa da literatura a partir da seleção de artigos publicados em revistas científicas indexadas em bases de dados como PubMed, SciELO, MEDLINE e LILACS, focada em publicações relacionadas com a síndrome dos ovários policísticos, microbiota intestinal e disbiose intestinal, publicados nos últimos anos. Estudos recentes em humanos e modelos de roedores têm mostrado que a disbiose intestinal pode contribuir para a desenvolvimento de SOP influenciando nas vias dos lipopolissacarídeos (LPS), permeabilidade intestinal, colina, ácidos biliares e no eixo intestino-cérebro. Está bem estabelecido, que a SOP é caracterizada por um estado crônico de inflamação e resistência à insulina. Como parte do tratamento da SOP, sugere-se métodos que visam a modulação da microbiota intestinal, como agentes probióticos, prebióticos e simbióticos, e que esses produtos possam servir como novas opções o no gerenciamento da SOP, a fim de corrigir os sinais e sintomas da doença.</p> 2022-04-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Marcilene Camilo Heidmann Soccol, Márcia Liliane Rippel Silveira, Nádia Webber Dimer https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/380 A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO AMAZONAS E O USO DAS TECNOLOGIAS 2022-01-21T10:36:44-03:00 Hemelly da Silva Areias hemellyareias@gmail.com <p>O presente artigo visa destacar os principais pontos observados com relação às formações ofertadas aos professores de Educação Física e o uso das tecnologias. Os objetivos aqui propostos buscaram realizar uma breve reflexão acerca dessas formações, considerando o recorte temporal de 2017 a 2019 para a busca do material. Os procedimentos metodológicos configuram-se de natureza qualitativa, com vistas no tipo de pesquisa bibliográfica, documental e exploratória. Os resultados demonstram a necessidade de promover formações continuadas aos professores de Educação Física contextualizadas as mudanças contemporâneas, sinalizando-as como primordial diante das questões curriculares emergentes previstas por meio da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As conclusões apresentadas evidenciam as fragilidades das formações quando o assunto é a integração das tecnologias à prática pedagógica da Educação Física escolar, sendo possível observar que houve tentativas da secretaria de educação em promover ações contextualizadas às mudanças existentes. </p> 2022-01-26T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Hemelly da Silva Areias https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/389 PLANTAS MEDICINAIS UTILIZADAS PARA TRATAMENTO DA SINUSITE NO BRASIL: uma revisão de literatura 2022-02-11T12:50:47-03:00 Juliana Rodrigues Santos julianaroddrigues14@gmail.com Fabrício Drummond Vieira da Silva fabriciodrummond@hotmail.com Heliana Trindade Marinho Santana helianamarinho@yahoo.com.br Talita Fernandes Neulls talitaneulls@hotmail.com <p>A sinusite é uma das doenças respiratórias crônicas, que representam um dos maiores problemas de saúde mundialmente, caracterizada por uma inflamação na cavidade nasal e nos seios paranasais. Grande parte da população portadora de tal afecção recorre a tratamentos naturais, principalmente ao uso de plantas medicinais, para tratamento e cura de doenças. O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento das plantas medicinais utilizadas nas diferentes localidades do Brasil para o tratamento da sinusite, por meio de uma revisão de literatura integrativa. A coleta de dados foi realizada através da busca por artigos científicos, teses ou dissertações nas bases de dados virtuais: SciELO, Google Acadêmico e Biblioteca Virtual de Saúde. Foram encontrados 998 estudos e selecionou-se uma amostra final de 40 artigos. As regiões identificadas nestes foram: Nordeste (19), Norte (8), Sudeste (5), Centro-oeste (5) e Sul (3). Foram identificadas 86 plantas, das quais 32 são nativas do Brasil e 17 estão presentes na RENISUS estando, no total, distribuídas em 35 famílias. Dentre as partes e formas de uso mais utilizadas, as folhas (51,25%) e os chás (19,57%) foram os mais citados, respectivamente. Dentre as espécies encontradas, as 5 mais citadas foram a <em>Luffa operculata</em> Cogn., <em>Eucalyptus globulus </em>Labill., <em>Amburana cearenses</em> (Allemão) A.C.Sm., <em>Mentha arvensis</em> L. e <em>Rosmarinus officinalis</em> L. A pesquisa realizada demonstra que a grande maioria das plantas utilizadas popularmente para a sinusite não possuem evidências científicas na literatura e somente a <em>L. operculata </em>Cogn. apresenta estudos publicados com efeitos positivos e apenas em testes feitos <em>in vitro</em>.</p> 2022-03-03T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Juliana Rodrigues Santos, Fabrício Drummond Vieira da Silva, Heliana Trindade Marinho Santana, Talita Fernandes Neulls https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/396 A RESSOCIALIZAÇÃO DO MENOR INFRATOR E O PAPEL DA EDUCAÇÃO POR MEIO DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS 2022-03-07T11:15:50-03:00 Rosemar Gonçalves Feitosa rosegfeitosa@hotmail.com <p>Na Constituição Federal fica claro que a Educação é um direito de todos e a proteção à criança e ao adolescente são primícias para o desenvolvimento desses. O processo socioeducativo, por meio da Educação de menores em conflito com a lei, visa ativar o método de socialização, enriquecendo as formas de reinserção social formando um pensamento e atitude em relação à realidade circundante. O presente artigo tem como objetivo discorrer sobre o papel da Educação na ressocialização do menor infrator em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto. A pesquisa também traz uma análise dedutiva de 17 estudos identificados nas plataformas on Line CAPES, LILAC´s e Scielo publicados entre 2015 a 2022, utiliza-se a pesquisa bibliográfica, de caráter exploratória e abordagem qualitativa. A pesquisa bibliográfica indica que a percepção social e educativa em relação aos menores, evoluiu de “adultos em miniatura” para seres sociais e cidadãos que merecem respeito, dignidade e tem nas medidas socioeducativas a oportunidade de se reintegrarem socialmente. Conclui-se que a Educação como uma ferramenta eficaz no âmbito das medidas socioeducativas do processo de ressocialização do menor em conflito com a lei, deve abranger a família do menor, bem como maior engajamento da sociedade, onde se percebe que os professores nem sempre tem as ferramentas necessárias para a eficácia desse processo e esses atores educacionais (escola, professores e alunos) que estão atuando em ressocialização de menores, são como “espectros” invisíveis para a maioria da sociedade brasileira.</p> 2022-03-28T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Rosemar Gonçalves Feitosa https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/407 A CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA E SEU USO EM SALA DE AULA COMO FATOR DIDÁTICO DE APRENDIZAGEM 2022-05-02T08:03:36-03:00 Kyssia Lilian Pessoa Trindade kyssialpt@gmail.com <p>O presente artigo tem como objetivo apresentar e discutir as contribuições da música e seu uso em sala de aula como fator didático de aprendizagem. Inicialmente, apresenta-se um breve panorama acerca da música, seus conceitos, teorias e relevância como indutora da afetividade, para em seguida analisar a musicalização especificamente na educação. Os procedimentos metodológicos utilizados para análise configuram-se de natureza qualitativa com o tipo de pesquisa bibliográfica em que se apresenta uma breve análise das características do uso da musicalidade e sua potencialidade no ambiente educacional. Nas considerações finais destaca-se que a música é uma ferramenta pedagógica que contribui significativamente para o engrandecimento das relações e construção do aprendizado entre os estudantes. </p> 2022-05-09T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Kyssia Lilian Pessoa Trindade https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/342 A PANDEMIA DE COVID19 E SEUS IMPACTOS NA SAÚDE MENTAL DOS ADOLESCENTES: revisão narrativa 2022-01-18T09:55:29-03:00 MARCOS VINICIOS RAMOS DA SILVA marcos_gospel_mix@hotmail.com <p>Os inúmeros casos de COVID-19 ao redor do mundo impactaram a vida de toda a população mundial, porém as crianças e adolescentes foram os mais impactados quando comparado aos adultos, uma vez que essa população é mais vulnerável, decorrente do estágio de desenvolvimento que estão vivenciando. Trata-se aqui de uma pesquisa de revisão bibliográfica narrativa, essa revisão não utiliza critérios explícitos e sistemáticos para a busca e análise crítica da literatura. Esse tipo de revisão é usado para descrever e discutir o desenvolvimento de um determinado assunto, é constituído principalmente da literatura publicada em livros, artigos de revistas, na interpretação e análise crítica do próprio autor. Observou-se pela análise dos artigos analisados que o isolamento social pode ser apontado como o principal fator que leva as mais variadas e significativas mudanças na rotina das pessoas, em especial desses adolescentes. Por fim, o cotidiano desses adolescentes foi afetado de forma significativa, tendo interrupção da vida escolar presencial, problemas de saúde enfrentados pelas famílias, falta de socialização com os pares, entre outros.</p> 2022-01-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 MARCOS VINICIOS RAMOS DA SILVA https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/376 HÉRNIA UMBILICAL EM PEDIATRIA: uma revisão integrativa 2022-01-10T13:36:54-03:00 Debora Gomes Junqueira Vilela Vilela deboravilela3110@gmail.com Andressa Morgenstern Santos andressa-morgenstern@hotmail.com Gabriel Henrique Rower Gabrielroewer@outlook.com Marília Bassani Mendes Marilia_bassani@hotmail.com Thais Cristine Souza Silva thaiscristine.med@gmail.com Wesllen Moura Pires wesllenpires2012@gmail.com <p>A hérnia umbilical é uma patologia que ocorre quando um órgão ou um tecido intracavitário se eventra em uma falha da parede do abdome. É uma condição comum aos recém-nascidos pequenos defeitos umbilicais, que se resolvem nas primeiras semanas de nascimento. Contudo, existem casos em que o defeito permanece e precisa de reparo cirúrgico ou acompanhamento. Trata-se de uma revisão sistemática de literatura, em que foi realizado um levantamento de 177 artigos, dos quais utilizou-se 12 artigos. Os critérios de inclusão foram artigos que tratassem sobre hérnia umbilical na criança, na língua inglesa, espanhola e portuguesa. Ao início da pesquisa, foram selecionados 177 artigos que se enquadravam nas palavras chave, dos quais excluiu-se 165 (93,2%), que não abordavam sobre hérnias umbilicais na criança. Relata-se nesse trabalho a anatomia da parede abdominal, a definição de hérnia, quais os tipos de hérnias, os fatores de risco para o surgimento da patologia, e como se realiza o diagnóstico da hérnia umbilical em crianças. Ademais, expõem-se nesse artigo acerca do tratamento cirúrgico da hérnia umbilical em crianças, e os critérios utilizados para escolha do tratamento cirúrgico ou conservador. A compreensão acerca das etapas e indicações de tratamento cirúrgico da hérnia umbilical infantil, é necessária para tornar o trabalho mais efetivo. É necessário uma comunicação e integração entre a equipe multidisciplinar de forma a analisar as vulnerabilidades e necessidades da criança, e estabelecer o melhor acompanhamento para ela.</p> 2022-02-03T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Debora Gomes Junqueira Vilela Vilela, Andressa Morgenstern Santos, Gabriel Henrique Rower, Marilia Bassani Mendes, Thais Cristine Souza Silva, Wesllen Moura Pires https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/392 NOVO ENSINO MÉDIO: REFLEXÕES, EXPECTATIVAS, DESAFIOS E OPORTUNIDADES 2022-02-15T15:16:08-03:00 Nancy Pinto do Vale npvnancyvale@gmail.com <p>O Brasil tem um Ensino Médio com um objetivo ambicioso: o maior número possível de alunos deve alcançar um bom desempenho nos estudos ou a competência profissional e a educação deve ajudar a equilibrar as diferenças sociais. Sabendo disso, este artigo tem como finalidade analisar as expectativas, desafios e oportunidades em função do começo da implementação do Novo Ensino Médio (NEM), contextualizando-os com a revisão de literatura a partir de publicações online publicadas entre 2017 e 2022. Os resultados indicam que há uma grande expectativa entre os atores educacionais (professores, alunos, gestores, administradores), ao mesmo tempo que gera uma certa desconfiança e ceticismo no que diz respeito a sua efetividade e eficácia. Conclui-se que ainda é cedo para se avaliar a efetividade, desafios a serem superados uma vez que o início efetivo da implementação, iniciou em fevereiro de 2022, porém velhos problemas ainda estão sem respostas, entre eles as desigualdades sociais, a formação de professores e a forma da efetivação dos itinerários formativos.</p> 2022-02-24T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Nancy Pinto do Vale https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/382 IMPACTOS DA COVID-19 EM INDIVÍDUOS COM SÍNDROME DE DOWN 2022-01-31T15:16:50-03:00 Isabella da Silva Figueredo Cintra bella.cintra@hotmail.com Larissa Naielly Souza Lima laahnaielly@gmail.com Diego Silva Patrício dspatriciomestrado@gmail.com <p>A Síndrome de Down (SD) é uma condição genética que resulta na presença de um cromossomo 21 a mais, devido a isso é comumente chamada de trissomia 21, está anormalidade cromossômica pode aumentar o risco de certas complicações como também podem apresentar anormalidades que afetam a função pulmonar, as alterações das vias aéreas em pacientes com SD podem promover infecções virais, o que exacerba o impacto do vírus causador da Covid-19 nestes pacientes. Por isso, esse estudo objetivou a apresentação de um conhecimento mais profundo ao leitor sobre como o vírus causador da Covid-19 afeta os indivíduos com síndrome de Down. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, cujo levantamento de dados foi realizado na base: PubMed, no período de maio de 2021 mediante o cruzamento dos seguintes descritores: Covid-19 e Síndrome de Down (Down Syndrome). Foram incluídos nesta revisão artigos de 2020 a 2021, com texto completo, em Inglês, Português ou Espanhol, e excluídos aqueles que não abordavam o tema. Seis estudos chegaram à conclusão de que pacientes com Covid-19 com Síndrome de Down (SD) têm maiores chances de agravamento da doença, com infecções e maior hospitalização. Dois estudos apontaram também um maior risco de morte por Covid-19, em comparação a pessoas sem SD. Um estudo alertou que pacientes com esse perfil devem ser considerados de alto risco para progressão severa da doença, no caso em questão a criança (4 meses) foi internada e necessitou de suporte de oxigênio, recebendo alta após 10 dias de internação. Mediante os resultados, percebe-se que a Covid-19 impacta de forma negativa e abrangente os indivíduos com Síndrome de Down, de modo que ao ficarem doentes, as repercussões clínicas nesses pacientes são demasiadas grave.</p> 2022-03-11T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Isabella da Silva Figueredo Cintra, Larissa Naielly Souza Lima, Diego Silva Patrício https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/412 A COMUNICAÇÃO ASSISTIVA: um olhar para as pessoas com transtorno de espectro autista 2022-06-01T10:43:01-03:00 Neide Liamar Rabelo de Souza liamarrs@gmail.com <p>O presente estudo visa abordar e refletir sobre as dificuldades encontradas pelas pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) que são estudantes da Educação Básica. A partir do ano de 2007 tais pessoas passaram a fazer parte da rotina dos centros educativos em todos os municípios. Ressalta-se que este estudo abordou de forma especial sobre os recursos possíveis por meio das Tecnologias Assistivas (TAs), traduzidas em uma forma educativa auxiliar na comunicação das pessoas com dificuldades de interação pelos meios convencionais da fala. Assim compreende-se que tais recursos dão suporte aos educadores, pais e alunos para assimilação dos conteúdos ministrados conforme o ano letivo em que o educando está frequentando. O objetivo da presente averiguação é examinar a efetividade das TAs no ambiente educativo para mediar a interação da pessoa com TEA visando esforços múltiplos para proporcionar bem-estar e interação com os demais educandos, professores e demais integrantes do ambiente educacional e/ou comunitário que pode ocorrer em função das amizades fomentadas no âmbito escolar. A metodologia se deu por pesquisa qualitativa, descritiva e narrativa da literatura e normas vigentes. Nos resultados merece destaque que as estatísticas nacionais sobre a quantidade de pessoas reconhecidas com TEA são limitadas, tendo como referência os dados elaborados e divulgados pela agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos estadunidense, disponibilizados em relatórios elaborados pelo Center of Diseases Control and Prevention (CDC). Porém, foi verificado que a Educação Inclusiva, na fase básica, é uma realidade no território nacional, sempre requerendo aperfeiçoamentos, tendo como evidência as TAs que já apresentam várias alternativas para auxiliar o processo de socialização das pessoas com TEA, podendo facilitar o convívio com a família, comunidade escolar e cultural em que está inserido.</p> 2022-06-13T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Neide Liamar Rabelo de Souza https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/378 REFLEXÕES SOBRE A INCLUSÃO DOS ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NAS ESCOLAS INCLUSIVAS DE ENSINO MÉDIO 2022-01-27T08:51:53-03:00 Kaellen Antunes Rabelo kaellen_antunes@hotmail.com <p>O presente artigo é uma breve reflexão sobre a inclusão dos estudantes com deficiência intelectual nas escolas inclusivas de Ensino Médio. No contexto da educação inclusiva, buscou-se refletir sobre o processo de inclusão escolar dos estudantes com deficiência intelectual no ensino médio das escolas inclusivas. Perpassando-se pelos seguintes eixos temáticos: Caracterização da Deficiência Intelectual, Legislação dos Direitos das Pessoas com Deficiência Intelectual e os Parâmetros para a escolarização dos estudantes com deficiência intelectual. Tratando-se de uma pesquisa de natureza qualitativa com finalidade aplicada com método de revisão bibliográfica. Como resultados da pesquisa pode-se evidenciar que houve um aumento na oferta de vagas para os estudantes com deficiência intelectual nas escolas inclusivas, porém essas instituições escolares ainda precisam melhorar a estruturação pedagógica, investir na formação dos docentes das salas regulares e recursos, para que se passa desenvolver as habilidades socias e adaptativas desse público de estudantes.</p> 2022-01-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Kaellen Antunes Rabelo https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/219 ESPÉCIES VEGETAIS NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE: revisão sistemática de estudos clínicos e experimentais 2022-01-12T08:10:41-03:00 Raquel de Jesus Silva Diniz raqueldiniz2017@gmail.com Lucy Rose de Maria Oliveira Moreira lucyrose@ig.com.br Fabricio Drummond Viera da Silva fabriciodrummond@hotmail.com Heliana Trindade Marinho Santana helianamarinho@yahoo.com.br <p>A ansiedade é o segundo transtorno mental mais prevalente no mundo, estando associada a repercussões negativas para o indivíduo, limitando e dificultando a sua capacidade de adaptação. O aumento significativo do uso de remédios naturais como alternativa ao tratamento convencional desse transtorno culmina no uso de espécies vegetais e suas preparações. O objetivo desta revisão sistemática do tipo exploratória foi investigar e analisar a atividade de espécies vegetais no melhoramento dos sintomas relacionados a ansiedade. Realizou-se uma busca por artigos clínicos e experimentais nas bases de dados Pubmed, MEDLINE e Scielo, utilizando os descritores “plantas medicinais e ansiedade” e “plantas medicinais e efeitos ansiolíticos”. Dos 411 trabalhos encontrados, foram selecionados 22 artigos de cunho experimental e apenas 1 de cunho clínico. Vinte e sete espécies vegetais foram identificadas nos artigos recuperados. A folha foi o farmacógeno mais usado de forma isolada (50%), seguido da casca, parte aérea/galho e raiz (7,14%, cada). O extrato aquoso foi majoritariamente utilizado (38,46%) e a maceração e a hidrodestilação foram os métodos de extração mais citados, aparecendo em 54,55% e 18,18% dos estudos, respectivamente. Uma notável quantidade de espécies vegetais exerce efeitos ansiolíticos comprovados em estudos experimentais, cujo principal mecanismo de ação consiste na participação do receptor GABA<sub>A</sub> na mediação da atividade ansiolítica. A maioria das plantas avaliadas não modifica o desempenho motor dos animais, o que representa uma vantagem em detrimento ao que se observa na farmacoterapia convencional da ansiedade.</p> 2022-01-31T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Raquel de Jesus Silva Diniz, Lucy Rose de Maria Oliveira Moreira, Fabricio Drummond Viera da Silva, Heliana Trindade Marinho Santana https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/386 PREVENÇÃO DE ATOS INFRACIONAIS POR MEIO DOS ESPORTES 2022-02-09T10:24:57-03:00 Christina Silvestre Lívero christina.livero@hotmail.com <p>O objetivo desse artigo é apresentar uma breve discussão acerca da prevenção de atos infracionais cometidos pelo menor infrator por meio do esporte. Para tanto, a metodologia utilizada foi a pesquisa básica com abordagem qualitativa com objetivo exploratório através do método de levantamento bibliográfico. As considerações finais apresentam de forma sucinta o olhar dado a literatura apresentada o que trouxe um preâmbulo em volta do papel do Estado, da família, da educação e do esporte para reeducação e recuperação do menor infrator à sociedade, considerando a pedagogia esportiva como algo acessível a todos, em especial aos sujeitos mais vulneráveis socialmente.</p> 2022-02-15T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Christina Silvestre Lívero https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/384 DESAFIOS DA ENFERMAGEM NO CUIDADO DE PACIENTES TERMINAIS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: revisão integrativa 2022-02-10T10:19:47-03:00 Quésia Dias quesiadias0@gmail.com Samara Trindade samara.mendees0512@gmail.com Luana dos Santos luanacoelho135@gmail.com Julyanne Santana juadventista15@gmail.com Diego Patrício dspatriciomestrado@gmail.com <p>O enfermeiro tem papel primordial acerca do cuidado na terminalidade da vida, tendo em vista que este profissional presta assistência ao paciente de forma direta em tempo integral, acompanhando diariamente a evolução do quadro clínico do paciente. Este artigo propõe apresentar uma abordagem dos desafios da enfermagem no cuidado ao paciente nas unidades de terapia intensiva. A presente busca é uma revisão integrativa baseando-se em periódicos encontrados nas bases de dados Scielo, BVS e Pubmed, no período de 2016 a 2021. Tendo como amostra 6 artigos. Percebeu-se que dentro da UTI são realizados procedimentos muitos invasivos ao paciente terminal quando já deveriam ser prestados os cuidados paliativos, a falta de participação do profissional enfermeiro na tomada de decisões torna-se uma das dificuldades no planejamento da assistência e na comunicação entre a equipe multiprofissional, resultando de forma negativa na qualidade do cuidado. Conclui-se que há uma deficiência no conhecimento dos enfermeiros acerca dos procedimentos que os mesmos são respaldados em fazer o que reflete em suas percepções sobre a terminalidade da vida dentro da UTI.Palavras-chave: cuidados de enfermagem; cuidados paliativos na terminalidade da vida; doente terminal; unidades de terapia intensiva.</p> 2022-03-07T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Quésia Dias, Samara Trindade, Luana dos Santos, Julyanne Santana, Diego Patrício https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/390 PRINCIPAIS FATORES ASSINALADOS POR PACIENTES HIPERTENSOS PARA NÃO ADESÃO AO TRATAMENTO E CONTROLE DA PRESSÃO ARTERIAL 2022-03-08T15:29:06-03:00 Mábia Eduarda Silva Costa mabiaeduarda2011@hotmail.com Lucas Castro Braga a@a.com Laryssa Ribeiro Cardoso a@a.com Giordano Valente Mokfa a@a.com Francinelly Ribeiro dos Santos a@a.com <p>Hipertensão Arterial é uma patologia crônica não transmissível. Refere-se a um estado multifatorial, o qual depende de aspectos genéticos/epigenéticos, ambientais e sociais. A não adesão ao tratamento está ligada a diversos fatores. Objetivos: avaliar na literatura científica os principais fatores assinalados por pacientes hipertensos para não adesão ao tratamento da pressão arterial. Material e Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Utilizaram-se as bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Google Acadêmico e Scielo, a partir dos descritores: “hipertensão arterial” and “adesão ao tratamento” and “atenção primária à saúde”, sendo incluídos os artigos publicados nos últimos 5 anos em versão integral. Resultados e Discussão<strong>:</strong> Foram encontrados 188 artigos, dos quais, selecionaram-se dez que atendiam aos objetivos deste trabalho. Observou-se que os principais fatores de baixa adesão ao tratamento são de caráter individual, socioeconômico, destacando-se também elementos relacionados a rede de saúde. Conclusões<strong>:</strong> A Atenção Primária compreende o local de primeiro contato dos pacientes e onde possuem acesso ao cuidado coordenado, integral e longitudinal. Nesse sentido, faz se necessário a criação de vínculos para melhor entendê-los, principalmente, por meio de ações multiprofissionais de educação em saúde.</p> 2022-04-18T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Mábia Eduarda Silva Costa, Lucas Castro Braga , Laryssa Ribeiro Cardoso , Giordano Valente Mokfa, Francinelly Ribeiro dos Santos https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/409 O ADOECIMENTO DOS DOCENTES: perspectivas do cotidiano pessoal e profissional uma breve revisão de literatura 2022-05-04T13:44:22-03:00 Wânia Mirleny Machado da Costa wania_mirleny@hotmail.com <p>As atuais exigências apesentadas pelo mundo do trabalho desencadeiam uma série de transformações significativas na vida pessoal e profissional dos diferentes sujeitos, assim, na área educacional não é diferente. As diversas condições as quais estão expostos os profissionais da educação tem elevado o número de docentes adoecidos. Os fatores são diversos e, o olhar precisa estar atento para as responsabilizações dessa realidade educacional que se apresenta em crise. A vista disso, o presente artigo tem por objetivo, compreender as situações relacionadas ao adoecimento dos docentes, considerando perspectivas do cotidiano dos profissionais da educação. Para tanto, a metodologia configurou-se como pesquisa básica, de abordagem qualitativa e objetivo narrativo, por meio de revisão de literatura que mapeou narrativas históricas e temáticas, possibilitando novas discussões e estudos futuros.</p> 2022-05-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 WANIA MIRLENE Machado da Costa https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/379 THE IMPORTANCE OF ACID DOCOSAHEXAENOIC (DHA) IN PREGNANCY AND CHILD DEVELOPMENT 2022-01-17T12:10:33-03:00 Marcilene Camilo Heidmann Soccol mhsoccol@gmail.com Lais Cristina Rodrigues laisrodrig@gmail.com Alexandre Antunes Ribeiro Filho aaribeiro.filho@ib.usp.br <p>Os ácidos graxos poliinsaturados, especialmente o ácido docosahexaenóico (DHA), são essenciais não só para o desenvolvimento neurológico quanto para a função visual da criança. A maior necessidade e DHA ocorre durante o desenvolvimento intrauterino e nos primeiros dois anos de vida. A mãe é um fator determinante na oferta desses ácidos graxos para a criança, pois a mesma não tem capacidade de elongação e dessaturação dos ácidos graxos. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma revisão da literatura a partir da seleção de artigos publicados em revistas científicas indexadas em bases de dados como PubMed, Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Google Acadêmico, focada em publicações relacionadas os temas ácidos graxos ômega-3, DHA, gestação e lactação, publicados nos últimos anos. Os estudos indicam que, independentemente da dieta, toda gestante deve receber suplemento diário de DHA, preferencialmente obtido industrialmente através de algas, evitando-se o risco de contaminação por metais pesados. Na ausência de leite materno, pode produzir carência deste nutriente por parte do recém-nascido como também transtornos, principalmente no desenvolvimento visual e cognitivo.</p> 2022-01-24T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Marcilene Camilo Heidmann Soccol, Lais Cristina Rodrigues, Alexandre Antunes Ribeiro Filho https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/385 OS IMPACTOS DA PANDEMIA DO COVID-19 NA SAÚDE PSÍQUICA DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE: uma revisão integrativa 2022-02-02T09:53:11-03:00 Paulo Victor de Almeida Guimarães Rosa pauloctpm@gmail.com Marisa Costa e Peixoto a@a.com.br <p>O objetivo geral do trabalho foi discorrer sobre alguns aspectos psicossociais, ocasionados pela pandemia do COVID 19 nos profissionais da saúde que atuam na linha de frente. Para alcançar-se o objetivo geral, foi preciso delinear os seguintes objetivos específicos: abordar na primeira seção definições sobre as origens, as manifestações clínicas e sobre a saúde psíquica dos profissionais da saúde; realizar, na segunda seção, uma análise de artigos similares ao tema, relacionando-os e buscando atingir o objetivo principal. Trata-se de pesquisa básica, de abordagem qualitativa. Quanto ao procedimento, adotou-se a revisão de literatura integrativa. Concluiu-se que é preciso adotar medidas mais enérgicas no sentido de cuidar da saúde psíquica dos profissionais da saúde, podendo-se inclusive adotar medidas de intervenção.</p> 2022-02-08T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Paulo Victor de Almeida Guimarães Rosa, Marisa Costa e Peixoto