Voltar aos Detalhes do Artigo ANÁLISE RETROSPECTIVA DA MORTALIDADE POR CÂNCER DE ESÔFAGO NO BRASIL (1998-2022): Disparidades de gênero, contraste étnico, dinâmica temporal e variações regionais Baixar Baixar PDF