TROMBOFILIA GRAVÍDICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Autores

  • Eliane Moreira Santos Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Lourdes Gonçalves Branquinho Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Marco Aurélio Barcelos Faculdade Patos de Minas - FPM

Palavras-chave:

Gestação, Tromboembolia, Trombofilia

Resumo

Introdução: A doença tromboembólica é uma das principais causas de complicações obstétricas resultantes do tromboembolismo placentário, sendo uma das principais causas de morbidade e mortalidade materna e fetal. Fatores inerentes à gestação, trombofilias, obesidade, infecção, parto operatório, entre outros, predispõem a mulher grávida a risco cinco vezes mais alto de desenvolver a doença. A mortalidade por embolia pulmonar pode ocorrer em até 15% dos casos não tratados de trombose venosa profunda, evidenciando a necessidade de terapêutica adequada. O diagnóstico deve ser preciso, uma vez que a anticoagulação é prolongada e tem grande impacto na vida da paciente. Objetivo: O objetivo principal deste trabalho foi realizar uma pesquisa a partir de uma revisão bibliográfica. Metodologia: usou -se como metodologia artigos com bases científicas dos anos de 2010 a 2020. Considerações: Ficando claro e evidenciado que a prevenção é a melhor solução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Publicado

31-12-2021

Como Citar

ELIANE MOREIRA SANTOS; LOURDES GONÇALVES BRANQUINHO; MARCO AURÉLIO BARCELOS. TROMBOFILIA GRAVÍDICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA. Scientia Generalis, [S. l.], v. 2, n. Supl.1, p. 98–98, 2021. Disponível em: https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/373. Acesso em: 4 mar. 2024.