A HIPOCONDRIA EM GERAL E NA VELHICE

Autores

  • Joice Cristina Vieira Monteiro Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Milton C. Júnior Soares Faculdade Patos de Minas - FPM

Palavras-chave:

científico, idoso, psiquiátrico, transtorno

Resumo

Introdução: Compreende-se que a hipocondria é um transtorno psiquiátrico somático que por sua vez está associado aos distúrbios depressivos e obsessivos. Este transtorno é encontrado com mais frequência na fase adulta, podendo prolongar-se por longos períodos ou até mesmo por resto da vida. Estaticamente 4% á 9% da população é atingida por esse transtorno, ao contrário dos que muitos não acreditam, possuímos a maior arma dentro de casa que podem gerar vários tipos de problemas (pesquisas de sintomas em sites) isso gera um gatilho para a mente humana. A importância deste estudo é mostrar para o público alvo que a hipocondria não é apenas uma mania de doença, mas sim um transtorno psiquiátrico muito delicado que requer muita atenção e cuidados dos familiares do paciente. Objetivos: O objetivo é compreender a hipocondria na população em geral e juntamente na terceira idade, procurando a examinar os fatores que acarretam o transtorno hipocondríaco. Metodologia: Assim este estudo tem a finalidade a uma realização de uma revisão bibliográfica sobre o tema “hipocondria em pessoas em geral e na velhice”, através de artigos científicos. Considerações finais: Foi possível concluir que a hipocondria é o modo singular que o sujeito encontra para se virar com o real; pode em alguns casos ser concebido como um mecanismo primário de defesa para continuar investindo na vida; assim, deve-se criar um novo local para o idoso na sociedade atual e ouvir com carinho suas demandas, de acordo com sua somatização ou de sintomas e dores possíveis, além de seu possível sofrimento psíquicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Publicado

05-01-2022

Como Citar

JOICE CRISTINA VIEIRA MONTEIRO; MILTON C. JÚNIOR SOARES. A HIPOCONDRIA EM GERAL E NA VELHICE. Scientia Generalis, [S. l.], v. 2, n. Supl.1, p. 82–82, 2022. Disponível em: https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/350. Acesso em: 4 mar. 2024.