A ECMO (OXIGENAÇÃO POR MEMBRANA EXTRACORPÓREA) COMO SUPORTE NO TRATAMENTO DO COVID-19

Autores

  • Milena Aparecida Almeida Braga Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Taciano dos Reis Cardoso Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Amanda Braga Reis Faculdade Patos de Minas - FPM

Palavras-chave:

ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), COVID-19, SDRA (Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo).

Resumo

Introdução: O tratamento de suporte à vida extracorpórea, como a ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), tem sido recomendado para pacientes com a Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo Grave (SDRA) por SARS-COV-2. A ECMO é utilizada como suporte respiratório, permitindo a manutenção protetora durante o tratamento de pacientes com doenças pulmonares. Objetivos: Relatar sobre a técnica de perfusão em pacientes que contraiu COVID-19, aplicando o método da ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), como suporte ao tratamento da doença. Metodologia: A presente pesquisa de natureza básica descritiva e exploratória. Trata se de uma revisão sistemática, na qual foram utilizados artigos científicos datados entre (2000 a 2021), preferencialmente usando palavras chaves como “Perfusão, Biomédico, Circulação Extracorpórea, COVID-19, ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) ”. Sendo buscado em plataformas digitais: Scielo e Google Acadêmico, PubMed. Considerações Finais: Diante dos estudos realizados pode se evidenciar que a ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) é uma solução terapêutica utilizada como suporte para tratamento de pacientes que tiveram uma piora em seus quadros clínica causada pelo COVID-19 tendo alta hospitalar. Porém alguns estudos demonstraram que em alguns casos os pacientes tiveram uma piora em seu quadro clínico devido o uso da ECMO como tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Publicado

05-01-2022

Como Citar

MILENA APARECIDA ALMEIDA BRAGA; TACIANO DOS REIS CARDOSO; AMANDA BRAGA REIS. A ECMO (OXIGENAÇÃO POR MEMBRANA EXTRACORPÓREA) COMO SUPORTE NO TRATAMENTO DO COVID-19. Scientia Generalis, [S. l.], v. 2, n. Supl.1, p. 77–77, 2022. Disponível em: https://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/330. Acesso em: 4 mar. 2024.