RESINA BULK FILL E MATRIZ UNIVERSAL: relato de caso realizado na Faculdade Patos de Minas

  • Maria Isabela Siqueira Rocha Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Mariana Araújo Magalhães Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Camila Ferreira Silva UNICERRADO
  • Paulo Cesar Freitas Santos-Filho Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Victor da Mota Martins Faculdade Patos de Minas - FPM
Palavras-chave: Resinas compostas, Polimerização, Pré-Molar

Resumo

As resinas compostas convencionais devem ser inseridas em incrementos pequenos, de no máximo 2 milímetros (mm), seguindo as orientações de camadas oblíquas, na cavidade. No intuito de evitar grandes contrações de polimerização, e facilitar a técnica para incrementos maiores, resinas que possam ser aplicadas em cavidades consideravelmente profundas (4 - 5mm) em um só incremento, sem aumentar a contração de polimerização, foram inseridas no mercado. Objetivou-se relatar um caso clínico no qual foi utilizada a resina Bulk-fill posteriormente ao tratamento endodôntico. O trabalho desenvolveu-se através do método qualitativo por meio do relato de caso. O paciente do gênero masculino, 19 anos de idade, procurou atendimento na Clínica de Odontologia da Faculdade Patos de Minas – FPM queixando-se de alteração na cor do dente Pré-Molar, no qual já havia sido restaurado. Ao exame radiográfico notou-se cárie secundária e possível comprometimento pulpar. O teste de vitalidade foi positivo, porém durante a remoção da restauração a dentina estava contaminada, com comprometimento pulpar. Após o tratamento endodôntico, optou-se pela restauração definitiva utilizando resina Bulk-fill de alta viscosidade, devido a profundidade da cavidade, associado a matriz universal, devido sua capacidade de reproduzir o ponto de contato e de se adaptar ao término gengival. O tempo clínico do procedimento foi diminuído. O profissional teve facilidade técnica no manuseio do material. O ponto de contato foi obtido com sucesso. Conclui-se que as resinas Bulk-fill facilitam a técnica, diminuem o tempo de atendimento, e a possibilidade de erros, quando suas características são respeitadas, tais fatores são benéficos tanto ao profissional quanto ao paciente.

Referências

CHARAMBA CF., et al. Resistência de união dos compósitos do tipo Bulk Fill: análise in vitro. Rev. Odontol. UNESP. 2017; 46 (2): 77 – 81.

DIDEM A, GÖZDE Y, NURHAN Ö. Comparative Mechanical Properties of Bulk-Fill Resins. Open Journal of Composite Materials, [s.l.], v. 04, n. 02, p.117-121, 2014. Scientific Research Publishing, Inc,. http://dx.doi.org/10.4236/ojcm.2014.42013. Disponível em: <https://file.scirp.org/pdf/OJCM_2014041716000268.pdf>. Acesso em: 4 nov. 2019.

RODRIGUES JÚNIOR EC. Estudo de propriedades de resinas compostas bulk fill. 2015. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Odontologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23140/tde-21052016-095551/publico/EzequiasCostaRodriguesJuniorVersaoCorrigida.pdf>. Acesso em: 29 nov. 2019.

CANEPPELE TMF, BRESCIANI E. Resinas bulk-fill: O estado da arte. Rev Assoc Paul Cir Dent, [s.l.], v. 70, n. 3, p.242-248, ago. 2016. Disponível em: <http://revodonto.bvsalud.org/pdf/apcd/v70n3/a03v70n3.pdf>. Acesso em: 24 jul. 2019.

COSTA TA. et al. Análise do contorno da face proximal obtido em restaurações classe II de resina composta utilizando-se dois tipos diferentes de matrizes metálicas. Rev. de Odont. da Univ. Cidade de São Paulo. 2009; 21 (1): 31 – 37.

COSTA MAB., et al. Restorations with Bulk Fill restorative system: case report. Rgo - Revista Gaúcha de Odontologia, [s.l.], v. 66, n. 4, p.391-397, dez. 2018. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1981-8637201800040000143505. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rgo/v66n4/1981-8637-rgo-66-4-0391.pdf>. Acesso em: 01 nov. 2019.

CAMPOS ARA. Resinas Bulk Fill: Um estudo transversal sobre a percepção dos médicos dentistas - a propósito de uma revisão atual do conhecimento. 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Odontologia, Instituto Universitário de Ciências da Saúde, Gandra, 2016. Disponível em: <https://repositorio.cespu.pt/handle/20.500.11816/2670>. Acesso em: 10 jul. 2019.

SILVA LNC, SILVEIRA CR, CARNEIRO GKM. Vantagens das resinas bulk fill: revisão da literatura. Revista Saúde Multidisciplinar, [s.l.], v. 5, n. 5, p.41-47, 2019. Disponível em: <https://www.fampfaculdade.com.br/wp-content/uploads/2019/04/6-VANTAGENS-DAS-RESINAS-BULK-FILL-REVIS%C3%83O-DA-LITERATURA.pdf>. Acesso em: 22 nov. 2019.

BAYRAKTAR Y., et al. One-year clinical evaluation of different types of bulk-fill composites. Journal Of Investigative And Clinical Dentistry, [s.l.], v. 8, n. 2, p.1-9, 22 jan. 2016. Wiley. http://dx.doi.org/10.1111/jicd.12210. Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/jicd.12210>. Acesso em: 4 nov. 2019.

BUCUTA S, ILIE N. Light transmittance and micro-mechanical properties of bulk fill vs. conventional resin based composites. Clinical Oral Investigations, [s.l.], v. 18, n. 8, p.1991-2000, 11 jan. 2014. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s00784-013-1177-y. Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1007/s00784-013-1177-y>. Acesso em: 4 nov. 2019.

TORRES AE. Resina bulk fill: relato de caso clínico. Universidades Federal do Rio Grande do Norte, 2017. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/173550.

BARROS GLM, Freire WP. Propriedades e aplicações clínicas das resinas bulk fill: uma revisão de literatura. Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde. Disponível em: www.conbracis.com.br.

SOARES AF, PINTO ACS. Taxa de sucesso de restaurações com resina composta bulk-fill. Id On Line: Revista Multidisciplinar e de Psicologia, [s.l.], v. 13, n. 47, p.397-409, out. 2019. Disponível em: <https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/2027>. Acesso em: 4 nov. 2019.

FERREIRA AB, SILVA NETO EF. Utilização das Resinas Compostas Bulk Fill: uma revisão da literatura. 2017. 21 f. TCC (Graduação) - Curso de Odontologia, Faculdade Integrada de Pernambuco, Recife, 2017. Disponível em: <https://openrit.grupotiradentes.com/xmlui/handle/set/1798>. Acesso em: 25 jul. 2019.

ALRAHLAH A, SILIKAS N, WATTS, DC. Post-cure depth of cure of bulk fill dental resin-composites. Dental Materials, [s.l.], v. 30, n. 2, p.149-154, fev. 2014. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.dental.2013.10.011. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S010956411300482X>. Acesso em: 4 nov. 2019.

JANG JH, PARK SH; HWANG IN. Polymerization Shrinkage and Depth of Cure of Bulk-Fill Resin Composites and Highly Filled Flowable Resin. Operative Dentistry, [s.l.], v. 40, n. 2, p.172-180, mar. 2015. Operative Dentistry. http://dx.doi.org/10.2341/13-307-l. Disponível em: <https://www.jopdentonline.org/doi/full/10.2341/13-307-L>. Acesso em: 01 nov. 2019.

GARCIA D., et al. Polymerization Shrinkage and Depth of Cure of Bulk Fill Flowable Composite Resins. Operative Dentistry, [s.l.], v. 39, n. 4, p.441-448, jul. 2014. Operative Dentistry. http://dx.doi.org/10.2341/12-484-l. Disponível em: <https://www.jopdentonline.org/doi/10.2341/12-484-L?url_ver=Z39.88-2003&rfr_id=ori:rid:crossref.org&rfr_dat=cr_pub%3dpubmed>. Acesso em: 4 nov. 2019.

SILVA KT., et al. Restauração direta com resina bulk fill: relato de caso. Revista de Odontologia Contemporânea, Patos de Minas, v. 1, n. 1, p.66-75, out. 2017. Disponível em: <http://rocfpm.com/index.php/revista/issue/view/V1N1/Restaura%C3%A7%C3%A3o%20direta%20com%20resina%20Bulk-fill%20flow%3A%20relato%20de%20caso>. Acesso em: 1 nov. 2019.

YAZICI AR et al. Thirty-Six-Month Clinical Comparison of Bulk Fill and Nanofill Composite Restorations. Operative Dentistry, [s.l.], v. 42, n. 5, p.478-485, set. 2017. Operative Dentistry. http://dx.doi.org/10.2341/16-220-c. Disponível em: <https://www.jopdentonline.org/doi/abs/10.2341/16-220-C>. Acesso em: 4 nov. 2019.

CHAVES LVF. Compósitos Bulk Fill fluídos versus resina composta tradicional: Comportamento mecânico. 2017. 41 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017. Disponível em: <https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/24092/1/LeticiaVirginiaDeFreitasChaves_DISSERT.pdf>. Acesso em: 09 jul. 2019.

ALSHALI RZ., et al. Long-term sorption and solubility of bulk-fill and conventional resin-composites in water and artificial saliva. Journal of Dentistry, [s.l.], v. 43, n. 12, p.1511-1518, dez. 2015. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.jdent.2015.10.001. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0300571215300488>. Acesso em: 4 nov. 2019.

CASTRO MJD. influência da aplicação de um sistema adesivo na resistência de união entre resinas bulk fill flow e resina nanoparticulada em reparos 2018. 2018. 75 f. Tese (Doutorado) - Curso de Odontologia, Unesp, São José dos Campos, 2018. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/handle/11449/180529>. Acesso em: 22 nov. 2019.

ROSA WLO, PIVA E, SILVA AF. Bond strength of universal adhesives: A systematic review and meta-analysis. Journal Of Dentistry, [s.l.], v. 43, n. 7, p.765-776, jul. 2015. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.jdent.2015.04.003. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S030057121500086X?via%3Dihub>. Acesso em: 22 nov. 2019.

CHAGAS K. Sistema adesivo dentinário universal: uma revisão de literatura. 2016. 38 f. TCC (Graduação) - Curso de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Disponível em: <https://lume.ufrgs.br/handle/10183/150846>. Acesso em: 22 nov. 2019.

Publicado
2020-08-20
Como Citar
ROCHA, M. I. S.; MAGALHÃES, M. A.; SILVA, C. F.; SANTOS-FILHO, P. C. F.; MARTINS, V. DA M. RESINA BULK FILL E MATRIZ UNIVERSAL: relato de caso realizado na Faculdade Patos de Minas. Scientia Generalis, v. 1, n. 3, p. 45-53, 20 ago. 2020.
Seção
Relato de Caso e/ou Experiência