HUMANIZAÇÃO E SAÚDE MENTAL NA ATUALIDADE

Autores

  • Roseline Martins Sabião Sousa
  • Ana Flávia Silva Peres
  • Carlos Henrique Andrade Ferreira
  • Diego Alves Côrtes
  • Ernesto Furst Teixeira
  • Fabiane Souza Pacheco
  • Luciana Shimakawa
  • Nedilene Pereira Furst

Palavras-chave:

Humanização; População; Saúde Mental

Resumo

Introdução: Um dos maiores desafios na atualidade é o enfrentamento da população e do próprio sistema de saúde no acesso e na qualidade em saúde mental, pois em uma rede de atenção psicossocial, ressalta-se a importância dos serviços de saúde serem de qualidade, o atendimento precisa ser integral e principalmente inclusivo a todo cidadão. O presente estudo pretende destacar a humanização e a saúde mental para a população, que muitas vezes padece de sofrimento psíquico, passa pelo reconhecimento desses sujeitos como cidadãos que tem o direito de buscar ajuda quando avaliarem necessário e sem dúvida, dispor de uma rede de atenção com diferentes serviços a serem acessados em diferentes momentos de suas vidas. Objetivos: O presente estudo tem por objetivo compreender que a humanização e a saúde mental estão interligadas, logo, a situação concreta de relações entre sujeitos e coletivos, cujos encontros, diferenças, paixões e desavenças os tornam mais potentes, mais sensíveis às necessidades uns dos outros e mais dispostos a novos encontros. Metodologia: A pesquisa é uma revisão de literatura, com abordagem qualitativa, estudo exploratório, descritivo e explicativo, tendo como metodologias o levantamento bibliográfico, coleta de dados no BVS Ministério da Saúde, leitura de artigos científicos, monografias especializadas e teses encontrados no site SciELO, e buscas também no Portal Periódicos Capes. Considerações Finais: Dado o exposto, a preocupação de cuidado em saúde mental, não se restringe somente a diminuir riscos de internação ou controlar sintomas. Na atualidade, o cuidado envolve também questões pessoais, sociais, emocionais e financeiras, relacionadas à convivência com o adoecimento mental. Tal cuidado é cotidiano e envolve uma demanda de atenção nem sempre prontamente assistida devido a inúmeras dificuldades vivenciadas tanto pelos pacientes quanto por seus familiares.

Referências

-

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

SOUSA , R. M. S. .; PERES, A. F. S. .; FERREIRA, C. H. A. .; CÔRTES, D. A. .; TEIXEIRA, E. F. .; PACHECO, F. S. .; SHIMAKAWA, L. .; FURST, N. P. . HUMANIZAÇÃO E SAÚDE MENTAL NA ATUALIDADE. Scientia Generalis, [S. l.], v. 1, n. S1, p. 19–19, 2020. Disponível em: http://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/74. Acesso em: 15 jan. 2021.