ESCOLA COMO AMBIENTE PROMOTOR DE SAÚDE: um processo de construção da vida para a vida, a partir da observação participante

Autores

  • Luciene Rosa Ramos Gomes
  • Norma de Fatima Moreira
  • Gilmar Antoniassi Junior

Palavras-chave:

Escola; autonomia; aluno; sociedade; saúde

Resumo

Introdução: O presente estudo objetivou-se narrar por meio da observação do sistema de ensino da Escola da Ponte através da visita na sede da Escola Básica em São Tomé de Negrelos, uma vila e freguesia portuguesa do concelho de Santo Tirso de Portugal, possibilitando a reflexão acerca da garantia de que todos os alunos possam adquirir conhecimentos e habilidades que sejam necessários para promover o aprendizado, a cultura da paz e valorizar a diversidade cultural no tocante aos direitos humanos por meio da educação. Pode-se afirmar que ela possui um projeto pedagógico sólido, inovador, além de contar com um forte envolvimento da sociedade que a compõe, no cotidiano da escola pode-se perceber a liberdade de ensinar e de aprender, combinando com uma adesão à pluralidade de ideias e de forma concomitante com apoio de diversas correntes pedagógicas. Objetivos: Refletir, descobrir e difundir no   meio   educacional   uma   forma   diferenciada   da   realização   da   aprendizagem, promover dessa forma a saúde física e mental de seres humanos. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de observação participante de natureza qualitativa que se utilizou do método de observação para produzir as narrativas e reflexões acerca da prática de ensino da Escola da Ponte ante a formação humana na promoção da autonomia no processo de aprendizado integrado entre escola – aluno – família – sociedade. Considerações Finais: Por meio da observação in loco e dos estudos realizados pode-se concluir que a Escola da Ponte, preza por uma educação que acredita na aprendizagem diversificadora. Trata-se de um ambiente escolar que promove a saúde no seu mais amplo conceito (físico, mental e social) dos alunos e professores, pois todos têm a liberdade de escolher e planejar a melhor forma para estudar, pesquisar e criar projetos. Assim, o modelo da Escola da Ponte é um facilitador da promoção da saúde no tocante ao seu ambiente, reforçando a necessidade do diálogo e a autonomia dos diferentes atores envolvidos no processo de ensino e aprendizagem diante do envolvimento direto com a sociedade

Referências

-

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

GOMES, L. R. R. .; MOREIRA , N. . de F. .; JUNIOR , G. A. . ESCOLA COMO AMBIENTE PROMOTOR DE SAÚDE: um processo de construção da vida para a vida, a partir da observação participante . Scientia Generalis, [S. l.], v. 1, n. S1, p. 2–2, 2020. Disponível em: http://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/57. Acesso em: 8 mar. 2021.