CÂNCER DE OROFARINGE: estudo de notificações na cidade de patos de minas entre os anos de 2015 a 2019

Autores

  • Paula Sabrine Almeida Oliveira
  • Laura Tauani Ostemberg Santos
  • Lucas Ostemberg Santos
  • Saulo Gonçalves Pereira
  • Roberto Wagner Lopes Góes

Palavras-chave:

Câncer da orofaringe; Neoplasias; Epidemiologia; Saúde Bucal.

Resumo

Introdução: O câncer é uma doença a nível mundial e que causa preocupação global dentro da saúde pública e coletiva. Tal patologia surge a partir de uma mutação genética, ou seja, uma alteração no DNA da célula. A etiologia do câncer bucal é multifatorial, incluindo fatores extrínsecos e intrínsecos. O câncer de boca e o câncer da orofaringe são considerados neoplasias extremamente agressivas, no qual aproximadamente 90% desses tipos de alterações correspondem ao Carcinoma de Células Escamosas. Tal carcinoma apresenta características histopatológicas próprias, tais como: citoplasma eosinófilo, núcleos aumentados, hipercromatismo e relação núcleo citoplasma aumentada. Através de dados apresentados pelo DATASUS, o câncer de orofaringe, entre os anos de 2015 e 2019, recebe um destaque dentre as demais neoplasias que acometeram os pacientes na cidade de Patos de Minas – MG, na qual no ano de 2015 foram registrados (07) sete casos, em 2016 (05) cinco casos, seguidos de (01) um caso em 2017 e (03) três em 2019, totalizando 16 notificações neste período. Dos 694 óbitos decorrentes a algum tipo de neoplasia maligna no intervalo citado acima, (03) três foram ocasionados pelo câncer de orofaringe. Objetivos: Realizar uma revisão de literatura dando ênfase ao câncer de orofaringe, demonstrando suas características gerais e histopatológicas além de apresentar a quantidade de acometidos por ano na cidade de Patos de Minas entre os anos de 2015 e 2019. Metodologia: Revisão de literatura exploratória, sendo contemplados artigos buscados em sites de buscas tais como: Google Acadêmico, Scielo e Pubmed. Também foram verificadas análises em bases de dados do DATASUS fornecidos gratuitamente pela Secretaria Municipal de Saúde de Patos de Minas. Considerações Finais: A visualização e o diagnóstico das neoplasias localizadas na orofaringe são dificultados pela localização do tumor, em que pode vir a favorecer metástases cervicais e um diagnóstico tardio. Através das informações fornecidas pela Secretaria de Saúde de Patos de Minas, conclui-se que possa estar ocorrendo uma subnotificação de casos, na qual pode ser proveniente de uma falha no diagnóstico ou na notificação das ocorrências.

Referências

-

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

OLIVEIRA , P. S. A. .; SANTOS , L. T. O. .; SANTOS, L. O.; PEREIRA , S. G. .; GÓES , R. W. L. . CÂNCER DE OROFARINGE: estudo de notificações na cidade de patos de minas entre os anos de 2015 a 2019. Scientia Generalis, [S. l.], v. 1, n. S1, p. 48–48, 2021. Disponível em: http://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/107. Acesso em: 16 jan. 2021.