EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR, DESVENDANDO LIMITES E POSSIBILIDADES

Autores

  • Juliana Moreira Pacheco
  • Neusa Esméria Silva

Palavras-chave:

Base Nacional Comum Curricular (BNCC), educação infantil, currículo.

Resumo

Introdução: Durante as últimas décadas a Educação Infantil tem ocupado espaço no cenário político e educacional, passando a fazer parte de diversos  documentos oficiais que tratam dos aspectos  pedagógicos, dentre esses a Bncc, (2017). A aprovação da Base Nacional Comum Curricular bem como sua implementação nos estados e municípios brasileiros trouxe novos desafios para a educação nacional gerando a necessidade de discussões e debates sobre o tema. Levando-se em conta o percurso histórico, político e as especificidades da  educação infantil educacional consideramos ser importantes estudos e discussões sobre as implicações da BNCC para essa etapa educacional. Objetivos: Nesse trabalho temos por objetivo analisar  os desdobramentos da Base Nacional Comum Curricular- Bncc  para a Educação Infantil, buscando destacar   avanços  retrocessos em relação aos documentos oficiais que precederam  a Bncc, Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI- 1998),as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEIs-2009) e o P.N.E.2014. Metodologia: Conforme citado anteriormente esse trabalho limita-se à educação infantil, para consecução dos objetivos propostos utilizaremos a pesquisa bibliográfica com teóricos da área e a pesquisa documental. Inicialmente será apresentado um breve histórico da educação infantil de seus primórdios até a atualidade com base nos  estudos contemporâneos  sobre a infância. Considerações Finais: Sem a  pretensão de esgotar o tema, mas com o intuito de trazer à tona  elementos para a continuidade do debate, os estudos sinalizaram a ambiguidade do documento , uma vez que o mesmo  apresenta avanços para a Educação Infantil,  ao  trazer a organização curricular e reiterar a importância  do atendimento educacional nessa etapa, retrocede na questão da prática pedagógica ao assumir um caráter normativo e  prescritivo.

Referências

-

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

PACHECO , J. M. .; SILVA, N. E. . EDUCAÇÃO INFANTIL E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR, DESVENDANDO LIMITES E POSSIBILIDADES. Scientia Generalis, [S. l.], v. 1, n. S1, p. 44–44, 2020. Disponível em: http://scientiageneralis.com.br/index.php/SG/article/view/102. Acesso em: 27 jan. 2021.